Tema Acessibilidade

Destino

Poema de Luque Barbosa sobre o Destino.
Destino

Luque Barbosa

No céu, brilha bela estrela
O mel trilha meu consorte
No alvéu, à escotilha, a vê-la
Ó bel! Me esmerilha a sorte!

Ao fim, distante ao meu lar
Em mim, constante, o vigor
De enfim, adiante escutar
O sim, inquietante ao ardor!

Eu só, indefeso, vou à fonte
De nó assaz teso à esperança
Sem dó, a algum peso que afronte
Ao pó, irei ileso à vingança!

Ao meu ansejo, reina a dúvida
Ao teu ensejo, o amedrontar
Ora eu prevejo morte súbita,
Ou meu desejo dar-se-á!

Copyright © 2021. Todos os direitos reservados ao autor. Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
0
±100 visualizações •
Denuncie conteúdo abusivo
Luque Barbosa ESCRITO POR Luque Barbosa Autores
-

Membro desde Setembro de 2020

Comentários


Outros textos de Luque Barbosa

Poesias
Almar Poemas
Poema sobre as propostas do site Almar Poemas.