Tema Acessibilidade

Te Extraño (Saudades de Você)

84 anos sem você aqui...
• Atualizado
Os dias são lágrimas de fel
Que não cansam de cair.
"Eu até poderia ir."
É mais uma noite olhando para o céu...
Estou em desarmonia com minhas cores,
E de todos os horrores
O maior é à distância de você.
Uma vez mais sem poder te ver...
Acompanhar os ponteiros
Estagnados,
É como ser queimado!
Durmo deitado em formigueiros...
Milhas nos dividem
E isto muito desalento me causa
Saber que não dançamos nossa valsa!
É outra noite a luz dos astros.
Se a cada palavra que me aproxima
Empurra-me e eu me afasto.
Banzo eu me arrasto
Desejando uma noite em teus braços.
Va-mos vivendo assim até quando?
Nessa montanha-russa?
Isa...
Belly da minha vida!
Copyright © 2021. Todos os direitos reservados ao autor. Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
0
±500 visualizações •
Atualizado em
Denuncie conteúdo abusivo
Ramon Silva ESCRITO POR Ramon Silva Escritor
Coruripe - AL

Membro desde Setembro de 2014

Comentários


Outros textos de Ramon Silva

Poesias
Borbotoar
A sensação de te possuir me faz borbulhar enquanto faz brotar em mim o desejo de te ter pra sempre!
Poesias
ADEUS À INGENUIDADE
AMOR Y FUEGO EN EL CULO; LOVE AND FIRE IN THE ASS; AMOUR ET FEU DANS LE CUL; الحب والنار في المؤخرة; AMOR E FOGO NO RABO
Poesias
Ressoar
Que um toque não seja apenas um toque e que uma carícia não seja apenas uma carícia...