Tema Acessibilidade

Fuzuê

• Atualizado

Lembra ?
Dos nossos beijos quentes
com gosto de verão ensolarado ?
Dos nossos abraços cor de mel ?
Das nossas carícias cor de céu?
Ah, talvez isso só esteja no fuzuê que você causou!
Me mostrei nua e crua.
Você transcendeu minha singularidade.
Por que me repudias de tal maneira,
se o meu amor sempre foi teu?
Tento te achar em outros braços,
em outros abraços,
em outros beijos molhados.
Mas por mais que eu tente,
no fim das minhas noites chuvosas e caóticas,
é você que me vem à memória.
Por que me trai tanto assim
senhor chamado pensamento ?
Eu só queria saber como desgrudar
suas carícias do meu corpo...
Corpo cheio de curvas
que você nunca nem se quer deslizou.
Centrado ou frio ? Diria frio por sua vez.
Como é possível não me violar fisicamente
mas violar as amarras do meu eu?

Copyright © 2021. Todos os direitos reservados ao autor. Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
0
±500 visualizações •
Atualizado em
Denuncie conteúdo abusivo
Vanessa ESCRITO POR Vanessa Escritora
Jequiá da Praia - AL

Membro desde Setembro de 2021

Comentários


Outros textos de Vanessa

Poesias
Bordô
Uma explosão de cores por você, meu bem!
Poesias
Nó oito duplo
08 de março de 2021.