Tema Acessibilidade

Desabafos

Não fala nada, só me ouve. Tenho que despejar tudo isso agora porque senão lá na frente vai ficar complicado demais de prosseguir o caminho do coração.

Durante o tempo em que eu estava com você teve situações em que eu me via perdida em uma linha de incertezas que me fizerem duvidar dos meus sentimentos com você. Tudo se encontrava em suspenso e eu não conseguia compartilhar meus pensamentos com você, era como se existisse uma trava que me impedia de falar, e então eu simplesmente fugia disso guardando tudo no meu íntimo.

Preciso te dizer: encarar você agora depois desse fim inacabado não está sendo fácil. Venho sentido uma mistura de sentimentos revirados que está atrapalhando meu juízo. Preciso expor minhas inseguranças e fraquezas para descobrir o que errei, o que você errou, mas juntos e não sozinha. Quero olhar nos teus olhos e dizer o que não foi dito, o que disse, mas que talvez ficou mal interpretado devido a situação no momento. Tenho que me explicar, entende? Talvez até não precisasse, mas eu quero porque a verdade é que você mexe comigo, e muito, simples assim. Desejar, querer, ainda tenho esses dois verbos que persistem dentro de mim fazendo complemento quando penso na gente, e não é só no passado é em todos os tempos verbais.

Eu sei que estouramos a bolha do que tínhamos e éramos pois chegou um momento que tudo ficou sufocado dentro de nós, mas eu estou aqui e você também.Então, isso significa alguma coisa, talvez haja esperança do fazer dar certo nas nossas vidas, concorda? Quem sabe o dia de amanhã? Ninguém, mas viemos aqui desarmados de todo aquele sentimento que estava se desgastando e acumulando dores dentro de nós e agora estamos dispostos a externar tudo para o outro, estou certa? Pelo menos, eu estou.

Veja bem, o que temos agora não é definido, é indefinido. Está tudo uma bagunça, eu sei. Mas eu quero arriscar e ousar com você. Porque o meu destino é o seu. Porque juntos somos poesia, verso e rima na vida do outro. A razão e a dúvida, o certo e o errado. Enfim, o fogo que incendeia a vida do outro...

Depois disso, percebi que não podia simplesmente deixar você partir. Não podia deixar nossos sonhos, nossa cumplicidade irem embora. Resolvi lutar por toda essa intensidade, por toda essa eletricidade que exprime de nós.

Como isso tudo é difícil, mas vou conseguir. Silêncio e reticências...

O que estou tentando dizer é que acredito no nosso Amor. Acredito em uma possível continuação de nós, que somos capazes de superar essa tempestade nesse caos que estamos vivendo. Porque você é a página em branco que falta na minha vida para as palavras irem aparecendo e se encaixando, já sem você sou sem sentido, sou apenas um copo vazio. Entende o que quero dizer?

Concluindo, depois que avaliei meus sentimentos descobri que a minha felicidade está em você, assim do jeitinho que está, sem termos, dramas cobranças ou julgamentos. Só você. Porque sei que juntos podemos colocar todos os pontos adequadamente nas nossas sentenças para assim irmos preenchendo os nossos parágrafos incompletos, criando a nossa própria história. Então te pergunto uma última vez: topa saltar da ponte comigo e ir em busca de uma aventura? Pois ainda te Amo desesperadamente e não preciso de uma razão ou definição para dizer o porquê desse Amor, quero simplesmente te sentir e fim.

(Sara Lacerda)

0
±100 visualizações •
Denuncie conteúdo abusivo
Sara Lacerda ESCRITO POR Sara Lacerda Escritores
-

Membro desde Setembro de 2021

Comentários