Tema Acessibilidade

Sem Venda nos Olhos

Ver, vir, ávido por você! Quem dera o sentir fosse suficiente, mas meus olhos agora enxergam a tua sensação.
• Atualizado
Sinto os delírios,
Suspiros,
Apertos e gemidos.
Prevejo o sabor do teu mel,
Meu!
Amor, eu me permito ser seu.
Você tem esse efeito,
É o teu jeito
De me amar.
Te vejo transpirar
Porém meu desejo é te ver molhar
Voando
E teus olhos girando
Com o esquentar da minha boca,
Que coisa louca!
É estar fervendo ao te ver
No interior de você.
Se é para ser sincero
Eu não nego,
Pois agora enxergo
O entusiasmo do teu querer.
Copyright © 2021. Todos os direitos reservados ao autor. Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
0
±500 visualizações •
Atualizado em
Denuncie conteúdo abusivo
Ramon Silva ESCRITO POR Ramon Silva Escritor
Coruripe - AL

Membro desde Setembro de 2014

Comentários


Outros textos de Ramon Silva

Poesias
Hemorragia
Não se trata de uma aula de primeiros socorros, apenas de uma doce lembrança esporádica da minha ultima visita ao fundo do poço.