Tema Acessibilidade

a deluded friend

• Atualizado

O teu olhar me encontrou

Como se fossemos almas irmãs,

O fogo crepitou dentro de nós

Queimando nos nesse ardo feroz


Olhar que fascina encanta amedronta,

Que faz da vida nascer e morrer,

Cada momento nosso é um tormento,

Teus olhos consomem lentamente


Castigo nos mutualmente nesse,

Prazer Desenfreado que estamos aqui,

Lentamente seus olhos se fecham,

Nossa dança silenciosa de prazer e dor

Você me devora com um animal selvagem,.


Teus olhos de paixão,

Como se fosse a última vez

Deitamos lado a lado exaustas,

Um frenesi inexplicável,

Então adormecemos

Copyright © 2021. Todos os direitos reservados ao autor. Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
0
±100 visualizações •
Atualizado em
Denuncie conteúdo abusivo
Cicero Domingos ESCRITO POR Cicero Domingos Escritor
Matriz de Camaragibe - AL

Membro desde Dezembro de 2019

Comentários


Outros textos de Cicero Domingos