Tema Acessibilidade

Queria te ver

Quantos dias já se passaram e eu não consigo esquecer o aconchego da tua presença?!
• Atualizado
É que às vezes estou disperso,
no teu olhar esperto
e quando desperto
tudo já se passou.
Eu vivo ansioso, ocioso,
oceano, marciano, leviano,
Enfim...
Sem você perto de mim,
é como viver e não reconhecer o amor
de estar com a amada,
Que por mim é tão desejada!
És agraciada,
Com toda ternura do sabor de amar,
Quem dera eu poder te beijar,
Te tocar, acariciar a pele do seu rosto.
Quem dera eu poder voar ao teu encontro
e deitar na tua cabeceira para te ver dormir!
Eu me pergunto todas as vezes que tenho que ir:
Qual o preço que devo pagar para te ter comigo?
O que devo dar para receber mais que o amor de um amigo?
Copyright © 2021. Todos os direitos reservados ao autor. Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
0
±500 visualizações •
Atualizado em
Denuncie conteúdo abusivo
Ramon Silva ESCRITO POR Ramon Silva Escritor
Coruripe - AL

Membro desde Setembro de 2014

Comentários


Outros textos de Ramon Silva

Poesias
Borbotoar
A sensação de te possuir me faz borbulhar enquanto faz brotar em mim o desejo de te ter pra sempre!
Poesias
Permita-me Chorar
Lágrimas precisam ser derramadas até que não haja mais o que chorar. Então permita-me chorar, até que toda dor se esvazie de mim.