Tema Acessibilidade

Degrau

Anda a sonhar um amanhecer
Ruas, janelas desamor
Em seu cantar faz chover
Gotas de sal e de dor

Triste é saber quando chega ao fim
Cacos ferindo uma flor
Cada degrau que se desce a mim
Um arco-íris sem cor

Quero dobrar o papel
E escrever sem chorar
Fechar os olhos ao céu
Ver meu sorriso fechar

Copyright © 2022. Todos os direitos reservados ao autor. Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
0
±100 visualizações •
Denuncie conteúdo abusivo
Zé de Quinô ESCRITO POR Zé de Quinô Escritor
Arapiraca - AL

Membro desde Julho de 2014

Comentários