Vem aí novidades...
Portal Escritores

Concurso cultural

Resultado

Colocação Autor Poema ou Verso

23.76%

Altamir de Oliveira Teixeira do Nascimento
Maceió - AL
Quando se fala em cultura
Alagoas tem sua glória
Cada escritor filho seu
Teve bela trajetória
Hoje tem novos valores
Para continuar a sua história

Para não fugir da memória
Arthur Ramos quero lembrar
Grande poeta e escritor
Nascido nesse lugar
E a sua sabedoria
Era de ser admirar

E o Benjamim do Pilar
Que foi nobre criatura
Em finança muito pobre
Mas poeta em toda altura
Deixou para os novos talentos
O seu mundo de cultura

Outro escritor de postura
Do estado Alagoano
Foi Graciliano Ramos
E eu peço ao Soberano
Que entre os talentos novos
Surjam outros Gracilianos

Alagoas esse ano
Irá mostrar certamente
Novos escritores
Cada um mais competente
Para lembrar os que se foram
Que já não estão entre a gente

Alagoas está presente
Em vários bastidores
Revelando novos talentos
Para mostrar seus valores
Porque foi e sempre será
O berço dos grandes escritores. 

15.27%

Erica Matias dos Santos
São Miguel dos Campos - AL
ALAGOAS, TERRA CULTURAL.
A terra das Alagoas
É vasta, colorida e bela.
Tem gente bonita, comida boa e história pra contar.
Alagoas é o paraíso onde muitos querem morar,
Porção de terra, carregada de coqueirais,
Imensidão de mar com piscinas naturais.
Pena que o Gogó da Ema fisicamente não existe mais,
Mas Alagoas é conhecida como a terra dos Marechais.
Estado rico em diversidade cultural,
Inúmeros folguedos e danças que se eternizam
Do carnaval ao natal.
Admiro Alagoas por sua grandiosidade
Belíssimas praias,
Verdadeiros espelhos do céu,
Onde as andorinhas voam sobre o mar
Ao encontro das jangadas lentamente a navegar.
Alagoas é sem dúvida um celeiro cultural
Possui grandes poetas e artistas em geral.
Berço de Jorge de Lima, autor que muito fascina,
E bem se inspirou em sua terra natal.
Alagoas, esplêndido Estado,
Onde vivem os renomados autodidatas
Nelson da Rabeca e Jorge Calheiros
Que em busca de seus sonhos,
Venceram seus medos e conquistaram o Brasil inteiro.
Alagoas é o lugar de um povo forte e guerreiro.
Alagoas tem também inúmeras Marias e Josés
Astros e estrelas que expressam seu clamor.
São numerosos talentos que desabrocham como flor.
Alagoas tem riquezas do sertão ao litoral,
Estrela radiosa!
Todas as artes destacam-se nessa pátria gloriosa.
Terra de encantos mil,
Esse pedaço de chão é o mais lindo do Brasil.
 

15.01%

Janecleide davila da Silva
Belém - AL
Sinfonia Alagoana!

Dos clarins, longe, um verso troa
Eis que surge o hino de Alagoas
Desta terra de grandes escritores
A sinfonia poética emite e valores!

Quem rege este coro uníssono
São teus escritores imortais
Tua obra figura
Nos mais importantes anais!
A voz que ecoa nas fanfarras
Nos pistons de ouro
Por acordes, ninada
Traz ao povo consolo
Nas emancipações Políticas
As Filarmônicas são um estouro!

Este canto é sabido
Nas várias regiões
As orquestras anunciam
Tuas longas procissões
Os teus frevos, teus blocos
Animam toda região
Com bumbos e pratos
És a dama dos salões!

Teus poemas sacros, nas igrejas católicas
Reanimam os templos, de fé tão caótica
É bonito o coral, uma ode afinada
Padres, cantores, toda gente consagrada
Os romeiros, nas festas de Santa Luzia
Gritam versos fervorosos,
À Santa e a virgem Maria
Em Belém, o Santo Varão,
Mártir de Cristo,
São Sebastião
Reúne o povo
Com vivas de devoção!

Os andores anunciam
O Gênero lírico a surgir
Valores religiosos
Aqui hão de porvir!


Surgem daqui e de lá
Valores neste lugar
Novas palavras, parnasianas, então
Alagoas, deusa da perfeição!

Tua cama macia são teus campos floridos
Tua poesia, teu povo oprimido
No teu berço, criaram-se Marechais
Quem deita em teus lençóis
Não te esquece jamais!

Alagoas, faca-peixeira, amolada
Que ninguém bole por nada!
Em ti, não se mete medo
Construístes o Brasil
Com teus próprios dedos!

Panos quentes me acolhem
No berço de grandes escritores
Quem nasce em Alagoas
Constrói novos valores!

Em cada palmo de terra, um poema glorioso
Teus escritores deixaram um legado frutuoso
Em teu arco-íris de cores surgem novos valores!

Cada palavra alagoana
Magra, dura, reta, direta
É expressão mais bonita
De quem da vida fez lida!

Os coquistas, com atabaque e sem métrica
Revelam a Serra da Barriga, tão poética!
Os velhos valores, que sucumbem as dores
De um povo lutador!
Óh, Alagoas, meu berço de sangue e amor!

Os matutos daqui,
Clamam por chuva com ardor
Sertanejo cantador
Acompanha o pandeiro
Canta, canta,meu Sinhô
A verdura da lavoura
Com a poesia rimou
O chapéu no peito
As mãos erguidas ao céu
É o poema mais valioso
Que já surgiu num papel
Tão poderoso é o clamor que ser ver
Daquela linda oração, os pingos de água descer!

A quadrilha puxa o fole
Dança menino, escapole!
A sanfona “espaia”
A alegria da poesia
Que só em Alagoas se valsa

Lá fora, a Sinfonia Alagoana
Anima e faz barulho
E tua imensidão,
Aumenta neste mês de julho
Encontrar-te-ei com escritores,
Buscarei os teus valores
Quero ver teus olhos azuis,
A olhar-me sonhar com poesia
Teus mares são lágrimas que vigiam meu sono
Em teus braços me abandono
Mãe-d’água, me acalma!
Nos teus versos ressoa tua magnitude!
Tua juventude surge com novos valores
Por tua melodia
“(...) não há quem não morra de amores!
 

14.49%

Sara Regina Albuquerque França
Maceió - AL
dodói

pegar espirros
é umba das sensações bais ruins do bundo
tin
tin
cai umba aguinha transparente do dariz

se a pessoa dão tombar logo
um líquido ambargo-terrível-que-cura-tudo
a aguinha fica abarelada e grudenta
a pessoa acha que vai borrer
os buracos do dariz entopem
o vento fica pesado
e dão chega dos balões aqui do peito

o pescoço fica pegando fogo
e a gente sentindo buito frio
quietinho, sem fazer dada
tem que ficar usando umba caneta debaixo do braço
(ou dentro da bOca)
que escreve se a gente está belhor ou dão

aí o hombem de branco banda prender o ar
um dos três solta
de novo
um dos três solta
e adota dum papel pequendindinho
que a gente dão pode bais ir pra escola por uns dias
— essa é a úndica parte boa de pegar espirros
a pior parte é que dão pode chupar picolé 

9.92%

Charles Sampaio
Maceió - AL
Alagoas terra de grandezas.
Terra de gente do bem.
Terra que produz o fruto,
E a Cultura também!
Terra de gente humilde,
Que é forte e tem valor,
Do camponês que nos alimenta,
Do peão ao senador.
Terra dos marechais,
De presidente e de doutores.
Abençoada de belezas,
E de talentosos escritores.
Terra de Graciliano,
Nice, Aurélio e
Artur Ramos.
Escritores que se foram,
Mas deixaram seus valores
Exemplo a ser seguido,
Orgulho e reverencia,
Também muitos seguidores.
Terra que é meu berço,
Para quem rimo meus versos
Terra dos meus amores!

 

7.44%

Elieide do Nascimento Silva
Carneiros - AL
ALAGOAS, BERÇO DE GRANDES ESCRITORES, ONDE SURGEM NOVOS VALORES.

Alagoas, meu paraíso
Berço de toda beleza
Terra dos imortais
Que posso chamá-la também
De terra dos marechais,
Alagoas é terra mãe
Berço de poetas consagrados
Que sempre serão lembrado
Por serem eternizados
Por mostrarem suas obras
Como forma de amor, dedicação e valor
Se falo na seca desse sertão
Não tem como esquecer
Lembro-me de Graciliano
De vidas secas e outros títulos
E para falar mais correto
Não posso esquecê-lo por certo
Do nosso amigo Aurélio
Alagoano versado nas letras,
Se procuro por bem
Mulher brava e destemida
Me vem então na memória
A Nise da Silveira
Doutora de profissão e poetisa por paixão,
Falo então meu amigo
Com uma intimidade sem fim
Lêdo Ivo, irmão das letras
Jornalista, romancista e poeta,
Não poderia deixa-lo de lado
Ele que é consagrado
Como príncipe dos poetas
Jorge de lima será lembrado,
E para continuar vou aos poucos relatar
Um poeta tão querido por muitos reconhecido
Arthur Ramos de quem falo
Mestre nas letras e doutor, pesquisador da cultura
Amigo de pessoas ilustres, poeta universal
E quando o Brasil tornou-se pequeno
Foi para outras terras mostrar seu talento
Sem jamais deixar de lado o amor por Alagoas
E de forma especial a cidade do Pilar a sua terra natal.
 

7.05%

Lucas Pillar Costa Pinho
Pilar - AL
Passeando por alagoas, berço de grandes escritores, Nosso estado vem trazendo novos valores.
Temos vários escritores alagoanos, começando por pelo escritor cientista Arthur Ramos, Psiquiatra, Antropólogo e médico. Nome forte espalhado nesse mundo à fora.
Alagoas é abençoada pela própria natureza, berço rico de cultura, sua historia é uma riqueza. Temos filhos ilustres como inúmeras belezas.
Como falei no segundo verso de um grande escritor cientista. Quero falar também de alguns escritores. Como; Graciliano Ramos, Costa Rego, Aurélio Buarque, Jorge Lima, Mestre Zumbi, e na terra dos marechais, Deodoro e Floriano.
Alagoas tem bons escritores, em busca de novos valores. A capital alagoana é linda Maceió repleto de coisas boas.
Tá chegando nova geração, de inúmeros alagoanos, desta querida alagoas, de berço outrora que surgem novos escritores.  

3.00%

Antonio Batista dos Santos
Coruripe - AL
"Alagoas, berço de grandes escritores,
Onde surgem novos valores."
Alagoas fonte de beleza
Orgulho da natureza,
Onde o céu e a terra cantam
E se encantam com o mar,

Terra de muito amor,
De sorriso e esplendor
Onde surgem novos valores
De poeta e doutores,
Jogadores e professores,
Cantores e escritores,

Alagoas, berço de grandes escritores;
Jorge de Lima príncipe dos poetas alagoanos,
Artur Ramos o professor,
Graciliano Ramos, médico e escritor.
Djavan músico e cantor,
Felix Lima Junior; escritor e historiador,
Augusto Calheiros; cantor e compositor,

Alagoas meu aconchego,
Estado lindo, é meu apego.
Terra do coração e de muita emoção,
Terra de tradição é meu torrão,
Terra dadivosa de pessoas vitoriosas,

Berço de grandes escritores
Inspirados em seus amores
Poemas lindos e encantadores
Desde o nascente ao sol poente,
Sempre surgindo novos valores,
Como na primavera cheia de flores.

Coroados de êxitos e de prestígio,
Escrever poesia tem lá seus bons motivos
Em prosa e versos com muitos objetivos,
Surgem da terra germinando
Como semente na intensidade do calor
Porque Alagoas é o berço de escritores
E para nossa alegria em Alagoas,
Surgem novos valores todos os dias. 

1.17%

Maria das Graças Pereira
Maceió - AL
Alagoas
Alagoas, berço de escritores onde surgem novos valores.
Alagoas, berço de marechais, onde surgem outros mais.
Alagoas, ninho de cobras e de outros animais.
Alagoas, terra de cantores, de atrizes e atores.
Alagoas, terra sem dono, sepultura de indigentes!
Alagoas, cama de coronéis, pistoleiros cruéis!
Alagoas, terra das águas e dos frutos do mar.
Alagoas, vila de escravos.
Alagoas, Casa de barro.
Alagoas, divide teu caldo de sururu,
Abriga teu povo sem teto,
Arria o chicote malvado,
Alimenta os mortos de fome,
Dar água a quem tem sede,
Pune os mafiosos!
Enterra teu povo decente,
Libera as valas abertas!
Estende teu lençol
Dar a teu povo alforria
Apóia teus artistas,
Constrói uma Alagoas mais futurista!

 

10º

0.78%

Thãmara Gonzaga Ferreira
Satuba - AL
Alagoas, berço de escritores, onde surgem novos valores

Vamos falar desta terra
Onde surgem novos valores
Alagoas é o berço de nossos escritores
Se rememorarmos teus feitos de glórias
Descobriremos tua participação na história
Tudo que aqui surgiu, és testemunha
Minha Alagoas varonil

Que beleza te ver, minha terra
Espalhando-se por todo lugar
Divulgando os versos
De maneira salutar
Nossa fama já corre
Os quatro cantos do Brasil
Que encanto ver
Minha Alagoas varonil!

Dou adeus a minha terra
Pois preciso trabalhar
Deixo o campo e a caneta
Para na cidade morar
Mas, quando a saudade bater
Logo volto a ler
Os versos dos meus escritores
De Alagoas, berço de valores!


 

REALIZAÇÃO

Portal Escritores Alagoanos
Prefeitura de Pilar
Casa da Cultura Professor Arthur Ramos
APOIO E PARCERIA
Câmara Municipal do Pilar