Portal Escritores

O Amor Consegue Tudo

   O dia amanhecera lindo, o sol estava mais radiante. Os pássaros cantavam com muito entusiasmo. E o cantarolar do mestre Bem-te-vi sobressaía como uma canção de amor e de esperança.

   As águas límpidas do rio bailavam na suavidade de sua correnteza. Homens banhavam seus animais, num ritual da orquestra sinfônica do balançar dos galhos fortes das árvores. As lavandeiras participavam dessa sinfonia musical, cuja melodia emergia do contato de suas roupas com as pedras do rio Manso.

   Chie, Chie, Chie era um dos barulhos, vindo do pisar de Davi e Lara que caminhavam de mãos dadas até certa altura do rio.

   Davi falou que não se cansava de apreciar a beleza da natureza e a riqueza de seus ensinamentos. E de quantas vezes a utilizou para ilustrar suas palestras, especialmente, acerca de mudanças que ocorrem tanto no contexto empresarial, como na vida das pessoas. E pensou - natureza e vida tudo flui e nada permanece igual. É por isto que não se pode pisar duas vezes o mesmo rio, já que as águas continuam constantemente rolando.

   Lara comentou que às vezes, as pessoas sofrem no processo de mudanças, porque não têm paciência para viver cada etapa que o processo requer. E por ansiedade, pulavam etapas para chegar ao final dos resultados traçados. Por isto, citava muito a forma como a natureza reagia  com equilíbrio às mudanças em cada estação.

   Para Davi o ser humano precisava conscientizar-se de que a paciência, a prudência e o cumprimento de cada etapa natural eram necessários para se ter bom êxito na vida.

   Após um silêncio, Davi recolheu uma flor da beira do rio e a colocou nos cabelos da bela esposa, que foi surpreendida com um ardente beijo. Em seguida, comentou que tudo tinha a hora certa de acontecer. E que era preciso estar constantemente em vigilância na vida e no amor.

   Lara ia falar quando Davi interrompeu: Não, não diga nada, querida Lara, apenas sinta em cada uma dessas forças naturais, o poder do amor que sinto por você, para que um dia, se estivermos longe um do outro, elas possam fortalecer os nossos corações e energizar as nossas almas até o momento do nosso reencontro.

   Lara ressaltou - Amor, amor.. Permitir que o amor vença... ter coragem  para levantar a bandeira de um grande amor... não deixar de viver um grande amor em detrimento de ações pequenas, gestos e atitudes que pertencem a esse mundo e que mudam a cada segundo, é, ao meu ver, uma das mais nobres vitórias  que o homem pode alcançar.

   Davi recitou: o amor é como uma camélia, em suas variadas cores: A camélia branca enche nossos olhos com a beleza da perfeição; a rosada representa a grandeza da alma; a vermelha exprime o reconhecimento. Mas para chegar à formosura, precisou ser plantada, regada e cuidada com muita delicadeza.

   O casal parou para conversar um pouco com as lavandeiras.  Davi falou que as pessoas deveriam ter como meta principal viver com amor e caminhar lado a lado com a felicidade. Para ele, ser feliz era saber servir, amar, perdoar e proporcionar a alguém, aquilo de que, muitas vezes, não desfrutamos. Era agir com prudência, lealdade e justiça. E que a felicidade estava ao lado de Deus e com garra repetiu várias vezes _ a felicidade é Deus, é amor, é pureza, é paz é vida. A felicidade que tanto buscamos e tentamos encontrar... Só depende de cada um de nós.

   Lara ressaltou: como é simples viver e as pessoas buscam a forma mais difícil. Tanta LUZ a favor do homem e muitos vivendo nas verdadeiras trevas da essência do que é a vida. Tanto AMOR e tanto desentendimento e desamor entre os irmãos. Tanta PAZ a favor do homem e muitos optando pela violência, opressão e injustiça contra os próprios irmãos.

   Davi olhou para as mulheres e falou: Só a força do amor para superar tudo isto, especialmente, a do amor de Deus que é infinito e que nos conduz a viver a vida com FÉ e CARIDADE.Davi segurou a sua mão e disse: devemos ser uma luz na vida do próximo através de nossos ensinamentos e atitudes, para que eles possam seguir o caminho da Verdade e da Vida. Devemos ser nós mesmos para viver e agir com simplicidade, humildade e paciência. Ajudar o próximo e cada um fazer a sua parte.

   Depois de caminharem por um bom tempo.  Davi gritou ao vento: Deus arraigou uma canção de esperança e crença, em meu coração, de um dia ter junto dele o meu verdadeiro amor. Com determinação e fé esperei este dia. Deus é muito bom. Hoje aqui me encontro com a natureza, o universo e o grande amor de minha vida. Olhou apaixonadamente para Lara e declarou - seu amor é fonte de luz para a minha alma.

   Emocionada Lara falou: Em todos os momentos bons e difíceis da minha vida, sempre tive fé e a certeza de que o amor consegue tudo.

***

 

 

Texto de Iris Sampaio publicado na Antologia - Encontro Lusófono  

Contos, poesias e crônicas em Língua Portuguesa.

 Mágico de OZ, 2014

 

 

 

Comentários

Deixe seu comentário

Para enviar um comentário você precisa estar logado: login
IRIS SAMPAIO
Escrito por:
IRIS SAMPAIO
Escritora

Visão Geral do texto

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5

Publicado em 30 de Setembro de 2014

Já foi visto 520 vezes

Favorito de 0 leitor

Categoria Contos


503
Leram
0
Vão ler

Tags

Textos Relacionados
Pra Dizer Tudo Que Sinto

Por Emanuel Galvão

ADEUS SEM CARA SEM TARA

Por Eliana Carvalho

Seres de luz

Por Abelha Rainha

E VI A PRAIA...

Por DYVALENTIM(DIVACY LEMOS)