Tema Acessibilidade

O BEIJO

...TEM QUE SER DOCE...

E NASCER DEVAGARINHO.

TÍMIDO, TENSO, SEM PRESSA

APROXIMAR DE MANSINHO...

SUAVES TOQUES DE MÃOS

PERDEREM-SE NA SOLIDÃO

DE OLHARES CURIOSOS.

APENAS DOIS NO CONTEXTO

COMO SE SOMENTE UM PEITO

PALPITASSE FURIOSO.

SÃO DUAS BOCAS QUE LEEM

O CÓDIGO DO CORAÇÃO.

O PULSAR DA EMOÇÃO COM

TREJEITOS SINUOSOS.

PALAVRAS INDISPENSÁVEIS

PROMESSAS INENARRÁVEIS

E SUSPIROS CARINHOSOS.

VAI CHEGANDO,VAI CHEGANDO...

E SEM PRESSA DE CHEGAR.

O TEMPO PARA NO TEMPO

A TEMPO FALTAM-LHES O AR.

SE PERDENDO SORRATEIROS

NO BRILHANTE DO OLHAR

QUE COMO ÁGUAS PROFUNDAS

ANCEIAM NELAS BANHAR E

MOLHAR A OUTRA BOCA QUE

ESTAR A ESPERAR.

DESLIZES HUMECTANTES

EM ÊXTASES INEBRIANTES.

PENETRAM EM OUTRO MUNDO

POR UM PORTAL SINGULAR.

O BEIJO DOCE...SÓ BEIJA

AQUELE QUE SABE AMAR.

                     ELENA

 

Copyright © 2014. Todos os direitos reservados ao autor. Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
0
±1000 visualizações •
Denuncie conteúdo abusivo
m.elena.costa ESCRITO POR m.elena.costa Escritora
São Miguel dos Campos - AL

Membro desde Janeiro de 2012

Comentários