Tema Acessibilidade

Tão puro

 

Me vejo em teu olhar límpido,
Alba do amanhecer,
Porque mais um dia da minha vida
Não me imagino sem você .
 
Mesmo com minha forma renitente
Ainda quero te namorar,
Pois cada minuto que passa
Fico a ti anelar .
 
E sei que esse amor será tão puro,
Que no mas baixo sussurro,
Vou lhe encontrar ...
 
Não sei se tanto tempo vou viver,
Mas não posso morrer
Sem ouvir você dizer que vai me amar ...
Attachment Image
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
0
±1000 visualizações •
Denuncie conteúdo abusivo
Ramon Silva ESCRITO POR Ramon Silva Escritor
Coruripe - AL

Membro desde Setembro de 2014

Comentários


Outros textos de Ramon Silva

Poesias
ADEUS À INGENUIDADE
AMOR Y FUEGO EN EL CULO; LOVE AND FIRE IN THE ASS; AMOUR ET FEU DANS LE CUL; الحب والنار في المؤخرة; AMOR E FOGO NO RABO
Sonetos
Terra das Alagoas
Homenagem a Emancipação Política de Alagoas