9º Encontro dos Escritores
Portal Escritores

Amores Inabaláveis


 

Imprescindível tal estima !

O dever de amar era inflexível,

Mas o dilema ditava o clima

De uma escolha imprevisível ...

 

Meu bem querer ? eram duas

Quando percebi  já eram três,

Em meus delírios estavam nuas

E cada uma tinha sua vez ...

 

Fixo estava e assim permaneci

O dever de continuar prendeu-me assim,

Então congelei  e logo esqueci ...

 

( Risadas ) foi previsível  o fim

Pois só eu amava, mas não percebi,

Que tal amor não era delas pra mim ...

 

 

                                                         Texto para o livro "sozinho" 21:29 dia

                                                         28 de janeiro de 2015 Poxim, Coruripe-AL

Comentários

Deixe seu comentário

Para enviar um comentário você precisa estar logado: login
Ramon Silva
Escrito por:
Ramon Silva
Escritor

Visão Geral do texto

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5

Publicado em 29 de Janeiro de 2015

Atualizado em 03 de Fevereiro de 2015

Já foi visto 804 vezes

Favorito de 0 leitor

Categoria Sonetos


771
Leram
0
Vão ler

Tags

Textos Relacionados
Queria ser mais...

Por Ramon Silva

Pudim

Por Ramon Silva

Sozinho

Por Wagnner Ruan

Mar da loucura ...

Por Ramon Silva

Textos do Mesmo Autor
SALVA-ME DO VAZIO

Por Ramon Silva

Triste cômodo fechado I

Por Ramon Silva

Mais uma noite

Por Ramon Silva