Portal Escritores

Impetuoso

 

Tua boca me olha distante,

Sedentos olhos te mordem de cá.

Hábil mão me saboreia ausente,

Inócua língua quer te encontrar...

Atinge o Poeta um golpe veemente.

Comentários

Deixe seu comentário

Para enviar um comentário você precisa estar logado: login
Majal-San
Escrito por:
Majal-San
Escritor

Visão Geral do texto

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5

Publicado em 17 de Agosto de 2018

Já foi visto 62 vezes

Favorito de 0 leitor

Categoria Poesias


62
Leram
0
Vão ler

Tags

Textos Relacionados
Balança

Por Majal-San

A Poesia II

Por Majal-San

Imprudente

Por Majal-San

Morto em vida

Por IORGAMA PORCELY

Presunção

Por Majal-San

Textos do Mesmo Autor
Quem Sou Eu?

Por Majal-San

Erótico

Por Majal-San

Expectante

Por Majal-San

Um nó

Por Majal-San