Portal Escritores

BIOGRAFIA DO PINTOR FERNANDO SANTOS

 

Fernando dos Santos Rufino, nasceu no município alagoano de São Miguel dos Campos, no dia 05 de maio de 1966, filho de José Rufino e de dona Maria José dos Santos Rufino.
Com apenas seis anos de idade, Fernando já dava as primeiras pinceladas, quando estudava nas escolas públicas, seus desenhos eram focados e admirados por todos.
Seu maior incentivador foi o seu irmão mais velho, ele ficava entusiasmado com o interesse e o talento do irmão e resolveu lhe ajudar, comprando telas e pincéis com os quais ele pintou os seus primeiros quadros óleo aos dez anos de idade.
Aos quinze anos de idade ingressa na Escola de Artes do então já consagrado professor Fernando Lopes, para aperfeiçoar seus estudos, onde aprendeu toda técnica relacionada a arte da pintura, principalmente a técnica de óleo sobre tela, os seus quadros chamavam atenção do próprio professor, cada um mais bonito que o outro, vendo a capacidade e o desenvolvimento de Fernando, Fernando Lopes resolve lhe ajudar, levando o jovem pintor para expor seus trabalhos na capital.
Em 1987, faz a sua primeira exposição individual na Galeria de Artes Mário Soares Palmeira, de propriedade de Maria Cândida Palmeira, com total apoio de Fernando Lopes, foi nesta exposição que seu nome começou se projetar no cenário alagoano. Participou também em diversas exposições coletivas com outros pintores, nas seguintes galerias: Karandash, Museu de Artes Sacras em Marechal Deodoro, na Galeria do Sesi e finalmente na Galeria Grafite em parceria com o artista plástico Petrucio França.
Colaborou nas festividades da UEM " União dos Estudantes Miguelenses ", expondo seus quadros no salão nobre do Fórum Moura Castro.
Também já expôs no Rio de Janeiro, onde obteve uma grande receptividade, inclusive recebendo vários elogios do povo carioca.
Fernando Santos era considerado como uns dos melhores pintores contemporâneos do estado, seus quadros estão expostos no acervo do Museu Fernando Lopes e seu nome faz parte do Dicionário Artístico de Alagoas.
Infelizmente, o nobre pintor foi encontrado morto em sua residência por populares, pois o mesmo sofria de várias enfermidades, como por exemplo: insuficiência renal crônica, que o levou a morte.
Esse representante da cultura miguelense, faleceu no dia 06 de julho de 2015.

( Escrito por Ernande Bezerra de Moura )










Comentários

Deixe seu comentário

Para enviar um comentário você precisa estar logado: login