Tema Acessibilidade

O Brasil de cabeça para baixo

Nesta semana os jornais trouxeram várias manchetes mostrando que a corrupção não acabou. Pois, foi acreditando em um “mito”, que muitos, inclusive professores, votaram em uma “criatura surreal” para desmistificar os problemas de uma pátria adormecida, que tudo vai mal a pior.
Assim, embarcaram na ideia de que para solucionar todos os males nacionais era preciso intolerância e imposição. A democracia deixou de ser a maior e melhor conquista do cidadão, tornando-se assim um grande mal a ser combatido.
Hoje, na sala de professores, uma amiga falou:
- Vamos lutar pela democracia! A outra, que se encontrava no mesmo recinto retrucou: Vamos lutar pelo que nunca existiu? O outro professor, robusto e sisudo diz categoricamente:
- A gestão democrática é uma enganação!
Eu indignada com os discursos, permaneci em um silencio introspectivo, onde ainda continuo sem entender que loucura é esta que tomou conta do Brasil. Será que há solução? Continuo até o presente em elucubração ou será mazelas trazidas pela falta de politização em país que nega a história e se orgulha de exaltar a opressão? Oh, triste nação!

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados ao autor. Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
0
±500 visualizações •
Denuncie conteúdo abusivo
Maria Alice Santos ESCRITO POR Maria Alice Santos Escritor
Matriz de Camaragibe - AL

Membro desde Julho de 2019

Comentários


Outros textos de Maria Alice Santos

Artigos
LETRAMENTO LITERÁRIO ANTIRRACISTA NA SALA DE AULA: A descolonização da imaginação.
Sociedade justa é aquela que tem a literatura como direito inalienável, afirma Antônio Cândido. E em uma sociedade formada por diversas etnias, raças e culturas, onde mais de 54% são compostos por pessoas negras, ela jamais pode ser apenas “univer