9º Encontro dos Escritores
Portal Escritores

CAMINHEMOS


O caminho que traçamos é nova busca de liberdade e esperança, as quais precisamos acreditar que existem. Tal estrada percorrida, muitas vezes torna-se íngrime e inteiriçada, chega até machucar nossos sonhos. São ilusões efêmeras, porque na natureza existem flores que duram apenas um dia, se acabam rapidamente, passo a passo, lentas e fortes, outras vezes, frágeis nesse percuso consztruido de pedras, de ferro, de areia e tijolos batidos e queimados com o suor e o cansaço dorido dos transeuntes. Estrada cactuosa avermelhada, acolá, cinzenta e pálida da cor do barro.

Descalços, sentimos a extrema exaustão da vida, do pensamento e do sentimento árido e desértico, sem fronteira e nem horizonte à vista, sem direção e sem norte que nos apontem um rumo exato na nossa existência. Sem sorte!

Experiência solitária e inserta.

Na caminhada encontramos estradas curtas e estreitas, curvas, longas e retas, mas todas vazias.

Somos caminheiros nesse intinerário. Andarilhos peregrinando para cumprir nossa jornada diária, pois o que nos resta é caminhar.

CAMINHEMOS!

Comentários

Deixe seu comentário

Para enviar um comentário você precisa estar logado: login
Nilton Santos
Escrito por:
Nilton Santos
Escritor

Visão Geral do texto

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5

Publicado em 17 de Fevereiro de 2020

Já foi visto 78 vezes

Favorito de 0 leitor

Categoria Pensamentos


79
Leram
0
Vão ler

Tags

Textos Relacionados
VIDA

Por Nilton Santos

Queria ser

Por josue firmino

Tropeços

Por josue firmino

Inteiro por pedaços

Por josue firmino

QUE BOM SERIA...

Por Sérgio Moraes

Textos do Mesmo Autor
DUAS FACES

Por Nilton Santos

EU MESMO

Por Nilton Santos

MINHA PELE NEGRA

Por Nilton Santos

VERBO ENCARNADO

Por Nilton Santos

TU ÉS

Por Nilton Santos