Portal Escritores

SEIS SONETOS PARA O DIA DAS MÃES


A imagem pode conter: 2 pessoas, incluindo Maria Gentil, pessoas em pé e óculos

O AMOR DE MÃE


Somente o amor de mãe é comparado
Ao grande amor de Deus, entre os mortais;
Nenhum outro amor humano é capaz
De lembrar grande amor, imensurado!

Pois somente o amor de mãe é apurado
Co’os mais belos sentimentos divinais;
Quis Deus nos sentimentos maternais
Transluzir seu amor, humanizado.

Ah! o amor de uma mãe é coisa santa!
Mesmo sofrendo, com dor, ela canta
Para fazer dormir o seu filhinho!...

Sempre pronta pra se sacrificar,
Não poupar a sua vida por amar,
Pra ver o seu filho num bom caminho.


MAIOR PRESENTE PARA O DIA DAS MÃES

Quem me dera neste dia eu pudesse
Presentear com o melhor do mundo
A minha mãe que com amor fecundo
Ainda hoje minha vida enriquece.

Ajoelha, fazendo uma prece,
Rogando a Deus que, por amor profundo,
Guarde os seus filhos, a cada segundo,
Da violência que a cada dia cresce.

Mãe de verdade ela nunca se esquece
De amar seus filhos, por isso merece
Sempre receber o melhor presente.

Sempre amorosa, sempre vigilante,
Nossa mãe merece, por todo instante,
Nossa gratidão, nosso amor pra sempre!...


MÃE, ANJO DIVINO

Mãe é pra ser tratada com todo carinho,
Com toda doçura, com completa atenção;
Mãe é dádiva dos céus, é flor sem espinho,
É amor sem medida dentro do coração!

Mãe é consolo divino, é compreensão,
É conselho pro bem, pro seguro caminho;
Mãe é lágrima chorada, numa oração,
Intercedendo a Deus por seu pobre filhinho!

Mãe é um anjo na terra, ela é um anjo sem asa,
É um anjo de Deus, morando dentro de casa!
Cuidando de todos, co’alegria incontida...

Por isso que mãe, de verdade, é para sempre!
Pois mesmo quando parte ela fica presente,
Nas nossas lembranças... — na saudade sem fim!


MÃE DE VERDADE

Mãe de verdade amamenta sem dor,
Sem se queixar, o filhinho querido;
A noite de sono, sem alarido,
Perde por ele, num ato de amor.

Mãe de verdade ela pede ao Senhor
Pra cuidar do filho, a cada segundo;
Dando carinho, seu amor profundo,
Pra que ele cresça com todo vigor.

Mãe de verdade jamais acha um peso
Ajudar seu filho a viver ileso
Neste mundo mal, que temor nos põe...

Só quem trata sem zelo, amor, capricho,
Quem pega seu filho e joga no lixo,
Nunca saberá o que é ser uma mãe!
 
 

MÃE DE VERDADE NÃO FOGE DA GUERRA

 

Mãe de verdade não entra de férias,

Não deixa seu filho a esmo na rua,

Com amor e com zelo cuida da sua

Cria — sangue do sangue de suas artérias.

 

Mãe de verdade ela enfrenta as misérias

Pra que seu filho também usufrua

De pão, saúde, na vida tão crua,

E de educação, em meio às pilhérias.

 

Mãe de verdade motiva seu filho

Temer ao Senhor, a seguir o trilho

Do caminho de Cristo, aqui na terra.

 

Tem fé e esperança, na sua bagagem,

Tem amor, tem garra, muita coragem!

Mãe de verdade não foge da guerra!

 


DIA DAS MÃES SEM BEIJO E ABRAÇO

Já estou a pensar o que é que eu faço
neste momento de gran pandemia
pra comemorar, co'a mesma alegria,
o Dia das Mães sem beijo, sem abraço.

Presente nenhum, com fita, com laço,
mais belo que seja, entregue no Dia,
a mesma emoção jamais causaria
que um beijo fraterno, que um forte abraço.

Mas neste instante guardar-se é melhor,
manter-se afastado é prova de amor,
sem beijo e abraço é mais acertado...

Receba minha mãe meu terno carinho,
com meu presente, sinta-me juntinho,
dando-lhe um beijo e um abraço apertado!

Autor: Antonio Costta





































































































Comentários

Deixe seu comentário

Para enviar um comentário você precisa estar logado: login
Antonio Costta
Escrito por:
Antonio Costta
Escritor

Visão Geral do texto

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5

Publicado em 07 de Maio de 2020

Atualizado em 08 de Maio de 2020

Já foi visto 165 vezes

Favorito de 0 leitor

Categoria Sonetos


165
Leram
0
Vão ler

Tags

Textos Relacionados
Textos do Mesmo Autor
TRADUZINDO-ME

Por Antonio Costta