7 palmos

Valdemir Junior Valdemir Junior 02 de Junho de 2020
03 de Junho de 2020

 

A morte, um dia para todos ela virá,

Dificilmente mesmo é a morte aceitar.

Mas quando ela vem, quem aceita naturalmente são as lágrimas que estão dispostas no rosto rolar.

 

O que eu posso dizer,

Se muitos se arrependem só na hora de morrer?

No nosso cotidiano temos muito à fazer,

Mas quem encontra a vida, a morte não encontra você.

 

Ser humano está em plena desvantagem,

Sofrendo os males de sua própria crueldade.

A morte, nela não se encontra vantagem,

Permanecer no erro não encontra a felicidade.

 

A morte, nunca vai poder ser uma dádiva,

É só um triste fim para as más e as boas almas.

Se quiser a perfeição tem que encontrar as falhas,

Matamos o nosso próximo até com nossas palavras.

 

Não importa o que se fez ou até mesmo o que fazemos,

Só existe uma convicção, pro pó nós voltaremos.

Ame mais, abrace mais, ajude mais e odeie menos,

A vida é muito curta, então veja o que está fazendo.

 

Infelizmente, essa triste realidade,

Vivemos em um mundo corrompido pela maldade.

Aqui vale mais esconder a verdade,

A mentira é muito mais cara que a lealdade.

 

O remédio que te salva é o mesmo que te mata,

Tirar a própria vida, não vai valer de nada.

O ódio é uma doença que acaba com a alma,

Mas sem arrependimento o remorso não vale nada.

 

Perdoe o seu próximo enquanto á tempo,

Quem se acha sábio se perde sem argumento.

Preste atenção com o que está acontecendo,

Esses são os sinais do esperado fim dos tempos.

 

O que o homem vê hoje em dia quer comprar,

Deus te vê lá de cima querendo te salvar,

Então, do que adianta o homem ganhar esse mundo inteiro, se nem sua própria alma consegue salvar? 

 

Por quê o ser humano as vezes é tolo demais,

Segue para frente sempre olhando pra trás.

Os que causam guerras são os mesmos que querem paz,

Nem a própria família de sangue importa mais.

 

No caminho estreito preferir prosseguir,

Garanto que vai ser muito melhor pra mim.

Foram com os meus erros que comecei a refletir,

A nossa vida é um filme tem começo, meio e fim.

 

Aquele que eu não vejo tenho mais confiança,

Pois a nossa humildade segue sem esperança.

 

Sem nenhuma convicção,

Agindo pela emoção,

Sem ter nenhuma razão.

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados ao user. Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do user.
Denuncie conteúdo abusivo
Valdemir Junior ESCRITO POR Valdemir Junior Compositor
Matriz de Camaragibe - AL

Membro desde Janeiro de 2020

Comentários