Tema Acessibilidade

Sou Insignificante

Escreva os meus sinônimos e saberá como me sinto com o passar dos últimos 23 anos...
• Atualizado
Atesto em dizer
O quão minímo sou
Minhas linhas reduzidos ao desinteresse de tudo que passou...
Insisto!
Mas vivo o escasso,
Pois toda nossa hitória se resume a borrões e traços
Da insuficiência dos meus laços.
Disfarço, Desfaço!
Até me sentir reduzido.
Afinal, todos os meus atos são fingidos
E todos os meus sentidos
São baseados na irrisoriedade de não poder sentir,
Não poder agir,
E no ato de fugir,
Me destruir.
Atuando como atua um desprezível,
Cheirando como cheira um insensível,
Vivendo como vive um invisível.
Enfim, sou apenas um amante.
Um ser insignificante!

Copyright © 2021. Todos os direitos reservados ao autor. Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
0
±100 visualizações •
Atualizado em
Denuncie conteúdo abusivo
Ramon Silva ESCRITO POR Ramon Silva Escritor
Coruripe - AL

Membro desde Setembro de 2014

Comentários


Outros textos de Ramon Silva

Poesias
Hemorragia
Não se trata de uma aula de primeiros socorros, apenas de uma doce lembrança esporádica da minha ultima visita ao fundo do poço.