Tema Acessibilidade

Tradição e Fé

Para expressar a fé do povo e a sua tradição

Peço licença nesse momento

Para explicar tudo de novo,

Tudo muito explicadinho.

Gravem bem no pensamento,

Valorizando o seu entorno.

O assunto é muito bonito,

Digo logo, a bem da verdade,

A religiosidade popular

e a nossa capacidade

Da cultura de um povo

Transformar em identidade.

O nordestino, por exemplo,

Gente destemida e forte,

Tem sua história sofrida

E também conta com a sorte,

De ser um povo guerreiro

Que não tem medo da morte.

Além de sua bravura

O nordestino também reza,

Faz seus pedidos e preces,

Eleva aos céus suas mãos,

Guiados pelos conselhos

Do Padim Ciço Romão.

Homem sábio e inteligente,

Santo padre confessor.

Conseguiu com seus exemplos

Arrebanhar o pecador,

Tratando os males espirituais

Com penitência e amor.

Com tanta dedicação

Ao arrependimento dos pecados,

Padre Cícero Romã Batista

Deu a todos o seu recado:

"Arrependam-se enquanto é tempo,

Pra não serem castigados."

Diante de muitos fatos

Começaram as romarias

De pessoas de todos os cantos,

Dia e noite, noite e dia

Pra pedir a sua bênção,

De Deus e da Virgem Maria.

O movimento era grande

Pras bandas do Juazeiro.

Não faltava penitente,

Que chamavam de romeiro,

Em cima de pau-de-arara

Pra visitar o "padroeiro".

Sua fama ainda hoje

percorre o mundo todo,

Devotado pelo povo

Que o aclama o tempo inteiro,

Especialmente essa gente

Do Nordeste brasileiro.

O legado permanece

Mesmo depois de sua morte.

Dos milhares aos milhões

Peregrinando ao monte

Do "santo" padre Ciço Romão

Do Juazeiro do Norte.

Essa mistura de fé e tradição,

Que deve ser preservada,

É Religiosidade Popular

Da nossa Cultura criada,

Da Identidade de um povo

Doravante professada.

Copyright © 2023. Todos os direitos reservados ao autor. Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
0
±1000 visualizações •
Denuncie conteúdo abusivo
Santos ESCRITO POR Santos Escritor
Matriz de Camaragibe - AL

Membro desde Julho de 2019

Comentários


Outros textos de Santos

Poesias
POEMA DA MADRUGADA
Este texto foi criado agora a pouco, às 03:40h do dia 08 de Agosto de 2023, quando estava dormindo, veio-me como uma voz me dizendo o que eu tinha que escrever. E escrevi (a primeira estrofe, inicialmente).