Portal Escritores

Vida Incerta, A Melhor Descoberta

 

Chuva ácida
Corrói placas
Foi-se a de pare
Como se adiantasse.
 
Nada para
Tudo sara
Medo bate
Mar invade
Magra sorte
Santo forte
Enganei a morte.
 
Oportuno furacão
Vem do norte
Bagunça o coração
Espalha a sorte.
 
 
Como não pensei?
Viver hei
Até não sei...
 
 
Claudenor de Albuquerque

Comentários

Deixe seu comentário

Para enviar um comentário você precisa estar logado: login
Claudenor de Albuquerque
Escrito por:
Claudenor de Albuquerque
Escritor

Visão Geral do texto

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5

Publicado em 11 de Setembro de 2010

Atualizado em 19 de Setembro de 2014

Já foi visto 772 vezes

Favorito de 0 leitor

Categoria Poesias


770
Leram
0
Vão ler

Tags

Textos Relacionados
Nocturno

Por Cleide Vanderley

Razão Incerta

Por Éverton Messias

Latente

Por Ícaro Shandó

Textos do Mesmo Autor
O Triste Fim de Um Amante da Rotina

Por Claudenor de Albuquerque

O Circo Brasil

Por Claudenor de Albuquerque

O Caçador de Borboletas

Por Claudenor de Albuquerque

Reflexão

Por Claudenor de Albuquerque

Alquimia de Versos

Por Claudenor de Albuquerque