Portal Escritores

Como amar


Eu não amo a tua aparência

Eu não amo o teu cabelo

Eu só amo a quem amo

E o resto não me importa

 

Eu não amo o teu gênero

Ou tua raça, ou tua cor

Não me importa o teu país

Se eu puder estar com você

 

Quem se importa se você

Possui barba ou possui seios

Se tu podes dar a luz

Ou se possuis cabelos?

 

Não me importa o teu corpo

Se está doente ou não

Se é gordo, ou se é magro

Ou se é usado ou não

 

Não me importa o teu passado

Ou se te consideras meu

Não me importa a quem tu amas

Mas quem te ama sou eu.

 

O meu amor é tão puro

Que não precisa de um motivo

Se te amo é porque te amo

Apenas te digo isso

 

Se és branco, se és negro

Se és pardo ou de outras cores

Se és homem, se és mulher

Ou qualquer outro gênero

 

Se amas homem ou mulher

Ou se amas os dois

Nada disso me importa

Nada disso é relevante o suficiente para nós dois.

Comentários

Deixe seu comentário

Para enviar um comentário você precisa estar logado: login
Antoniele Santos
Escrito por:
Antoniele Santos
Escritora

Visão Geral do texto

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5

Publicado em 28 de Junho de 2019

Já foi visto 127 vezes

Favorito de 0 leitor

Categoria Poesias


128
Leram
0
Vão ler

Tags

Textos Relacionados
Meu Amigo Beija-Flor

Por Claudenor de Albuquerque

Separação (ainda não acabou)

Por AdrianoRockSilva

Poema moderno

Por AdrianoRockSilva

O tesouro de Gilberto

Por IRIS SAMPAIO

Textos do Mesmo Autor
A carta

Por Antoniele Santos

O Criador Solitário

Por Antoniele Santos

Mania de ser Deus

Por Antoniele Santos

Você que não viu

Por Antoniele Santos

Humanos não são robôs

Por Antoniele Santos